Sozzeal

O que é Inbound Marketing e Exemplos de Como Funciona

O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias que tem o intuito de cativar clientes utilizando conteúdos relevantes. Dessa forma, com esse serviço, as empresas não precisam ir atrás de clientes, elas apenas utilizam canais como mecanismos de busca, por exemplo, blogs e redes sociais.

Quer conhecer um pouco mais sobre Inbound Marketing? Então, continue a leitura. 

Inbound Marketing: o que é

Pois bem, o Inbound Marketing é um conjunto de métodos que se baseiam na ideia de desenvolvimento e compartilhamento de conteúdo, voltados para um público-alvo em específico. Dessa maneira, o objetivo é conseguir se comunicar com o seu potencial cliente de forma bem objetiva e, também, cativá-lo. 

Resumidamente, o Inbound Marketing é uma estratégia do Marketing de Conteúdo que funciona da seguinte maneira: os clientes vão até a sua empresa, seduzidos pela sua mensagem. Desse modo, é bem mais fácil oferecer suas soluções e transformá-los em reais clientes. 

Por esse motivo, o Inbound Marketing pode ser traduzido como o marketing de atração. Atualmente, ele é mais conhecido como “novo marketing”. 

Como o Inbound Marketing funciona

O funcionamento do Inbound Marketing é feito por meio de quatro etapas: atrair, converter, fechar e encantar. Por isso, a seguir, conheça melhor cada uma:

Atrair

A primeira etapa a ser feita é atrair a atenção dos usuários para que eles visitem o site da empresa. Desse modo, aposte em conteúdos com o formato de posts de blog, pois eles ganham destaque nos buscadores. 

Converter

O processo de conversão acontece quando a empresa consegue transformar aqueles visitantes do site em leads. Assim, eles fornecem seus dados pessoais, por exemplo, nome, telefone e e-mail, em troca de um conteúdo produzido por você. 

Fechar

O fornecimento de conteúdos para os leads servem para qualificar sua base de contatos e, assim, você repassa ao seu time aqueles que realmente querem fechar negócio. Dessa maneira, o fechamento de vendas é o real objetivo do terceiro passo, quando os leads se tornam clientes reais. 

Encantar

Quando o lead finalmente vira um cliente, você deverá encantá-lo com uma boa experiência com seu produto ou serviço, para que ele fique satisfeito e, também, indique sua empresa para seus conhecidos. 

Legal, não é?  

Outbound Marketing x Inbound Marketing

O Outbound Marketing se baseia em ir até o cliente, em vez de atrai-lo. Nesse sentido, oferece anúncios de vários tipos, contato direto por telefone, e-mail etc. Desse modo, o custo das ações é, na maioria das vezes, mais alto e, também, é complicado medir com precisão os resultados dessas ações de Outbound. 

Por outro lado, o Inbound utiliza um diálogo permanente entre empresa e consumidor. Dessa forma, utiliza o conteúdo para seduzir a atenção do público, por meio de canais, como blog, redes sociais e e-mail. Além disso, o custo é bem menor e os resultados podem ser medidos rapidamente.

Para um melhor entendimento sobre o Outbound e o Inbound Marketing, pontuamos as principais diferenças entre eles, veja: 

Inbound

  1. Comunicação aberta;
  2. O produto ou serviço oferecido é encontrado por pessoas interessadas;
  3. Relacionamento duradouro;
  4. Maior engajamento. 

Outbound

  1. Comunicação unilateral;
  2. Poderá anunciar seu produto ou serviço para uma grande audiência;
  3. Oferta direta;
  4. Menor engajamento. 

Vantagens do Inbound Marketing

Se você ainda está com dúvidas se compensa investir em Inbound Marketing, continue a leitura, nós vamos te apresentar alguns motivos para você entender a importância dessa estratégia para seu negócio. 

Alcance do público certo

Podemos afirmar que, uma das maiores vantagens do Inbound Marketing é alcançar mais pessoas para seu negócio. Dessa forma, uma estratégia bem pensada poderá sim aumentar o público que entra em contato com a sua empresa por meio de conteúdo. Porém, vale lembrar que, o principal não é a quantidade, mas, sim, a qualidade do público alcançado. 

Aproximação com clientes

Mais um benefício desse serviço é que ele oferece conteúdo que ajuda a persona na prática, em vez de só tentar empurrar qualquer produto nela. Desse modo, o seu público estará mais aberto para ouvir seus conteúdos e dicas. Além disso, o Inbound Marketing tem o intuito de fazer uma comunicação mais aberta com interação constante. 

Maior poder de persuasão

A princípio, a persuasão é um dos meios mais importantes para concluir vendas. Visto que é muito mais difícil vender para quem está com dúvidas, sem falar que, quando isso acontece o pós-venda, não é muito agradável. 

Assim, com o Inbound Marketing, você terá mais poder de convencimento, já que são argumentos baseados em informações sólidas construídas ao longo do tempo. 

Ciclo mais curto de vendas

O ciclo de vendas é o tempo que sua empresa gasta em média desde o primeiro contato com o cliente até o fechamento da venda. Assim, quanto mais tempo levar para converter leads em compradores, maior será o ciclo. Dessa maneira, um dos benefícios do Inbound é diminuir o tempo necessário para levar o cliente a fechar negócio.  

Como fazer Inbound Marketing

Agora que você conhece um pouco sobre Inbound Marketing, que tal colocar em prática tudo que aprendeu? Para te ajudar nesse processo, vamos te apresentar um passo a passo de como fazê-lo, acompanhe:  

Atração

Para que você consiga atrair clientes para sua marca, você poderá utilizar os seguintes canais: 

  1. Marketing de conteúdo: o conteúdo é uma das principais ferramentas do Inbound Marketing, pois ele atrai, converte e encanta potenciais clientes. Assim, essa estratégia envolve o desenvolvimento de personas, pesquisa de palavras-chave etc. 
  2. Blog: é o principal canal de produção de conteúdo que as empresas podem usar no Inbound Marketing, já que todos os materiais criados passam por diversas formas pelo blog. 
  3. Redes sociais: as redes sociais, são essenciais para propagar seu conteúdo e fortalecer a imagem da sua marca com o público.
  4. SEO: o SEO faz com que seu site seja encontrado mais facilmente e, também, consiga mais tráfego orgânigo.

Conversão

Depois que você consegue atrair mais pessoas para o seu blog é necessário convertê-los para leads, ou seja, clientes em potencial. Para isso, listamos as melhores ferramentas, veja: 

  1. Landing pages: as landing pages são feitas para convencer os visitantes a aceitar uma proposta, como um material gratuito, slides, e-Books, em troca de informações pessoais. 
  2. Formulários: as informações que a landing pages pede, são preenchidas em formulários. Assim, o modo que eles são criados faz um grande diferencial na taxa de conversão, então, eles devem ser fáceis e agradáveis. 
  3. Call to action (CTA): é uma chamada de ação, um convite para que o visitante aceite a oferta da landing pages e preencha o formulário. 

Venda

O próximo passo a ser feito é transformar os leads em clientes. Para isso, existem diversas ferramentas de marketing e vendas que são essenciais para o seu negócio. Veja quais são elas: 

  1. Automação de marketing: essa ferramenta permite manter um relacionamento próximo dos leads para conduzi-los pelo funil, mesmo que seja em grande escala. 
  2. E-mail marketing: é um canal ótimo, pois permite estimular o interesse dos leads com facilidade e alto nível de personalização. 
  3. Nutrição de leads: são sequências de e-mails realizadas para deixar o lead mais perto da compra. 
  4. Lead scoring: é uma pontuação que te ajuda a saber quem merece a prioridade do seu time de venda. 

Encantamento

Quando a venda é concluída, você pode sim comemorar, porque o objetivo principal do processo de Inbound foi alcançado. Depois, você poderá transformar o novo cliente em um leal promotor da sua marca. Dessa forma, se sua empresa fizer um serviço de pós-venda com uma boa qualidade no atendimento, conseguirá manter os clientes satisfeitos.  

Exemplos de Inbound Marketing

Para melhor entender sobre Inbound Marketing, listamos 3 exemplos de empresas que conseguiram resultados positivos com esse serviço. Veja: 

Magazine Luiza

A empresa Magazine Luiza é a mais famosa do e-commerce brasileiro, pois conseguiu humanizar a empresa. Dessa forma, eles desenvolveram a Lu, a brand persona da empresa, contendo conteúdos relevantes. 

Ladder Sport

A Ladder Sport é uma empresa de nutrição esportiva criada pelo astro do basquete LeBron James e pelo ator e fisiculturista Arnold Schwarzenegger. Desse modo, ela junta grandes nomes de diferentes esportes e, ainda, conta com um espaço dedicado para ajudar os seus clientes a encontrarem os melhores produtos da marca. 

Dell

A Dell é referência no mercado das tecnologias. Assim, a empresa investe bastante em  Inbound Marketing. Um exemplo é o seu blog que contém conteúdos relevantes sobre os mais variados temas relacionados à tecnologia. 

Interessante, não é? 

Ferramentas de Inbound Marketing

As ferramentas são muito importantes para a sua estratégia, pois ajudam a desenvolvê-las de forma mais ágil e prática. Por esse motivo, vamos te apresentar as principais ferramentas de Inbound Marketing:

Ferramentas para blog

O WordPress é uma plataforma gratuita e mantida pela comunidade, sendo que possui ótimos temas profissionais e uma boa estrutura para blogs corporativos. 

Ferramentas de automação e-mail marketing

O e-mail marketing e ferramentas de automação são essenciais para o Inbound Marketing. Dessa forma, as melhores ferramentas, são: 

HubSpot

Contém todas as ferramentas que você precisa, do início ao fim da jornada do cliente.

RD Station

Desenvolvido pelo grupo da Resultados Digitais, é o sistema de automação mais conhecido no Brasil. O software é completo e, também, suporta planos robustos para empresas de qualquer tipo.

Mailchimp

Um dos softwares de e-mail marketing muito conhecido, além disso, ele é gratuito.

Ferramentas de SEO

SEMrush, é um incrível kit de ferramentas integradas de marketing. Dessa maneira, com ele, você poderá fazer pesquisas de palavras-chave, melhorar ainda mais as campanhas de tráfego pago etc. 

Análise de métricas

Um das melhores ferramentas de análise de métricas é o Google Analytics, pois ele é totalmente gratuito, bastante completo e, ainda, é ótimo para quem está começando nesse ramo. 

Útil, não é? 

Gostou do conteúdo? Compartilhe. 

Sair da versão mobile