Sozzeal

Marketing de Experiência: O Que É e Como Fazer [Guia]

Se você é empreendedor, certamente trabalha com várias estratégias para inovar sua marca e, posteriormente, o atendimento aos clientes. Uma dica que iremos apresentar neste artigo é o marketing de experiência, ele tem o intuito de propiciar vivências marcantes a cada cliente da empresa.

Quer conhecer um pouco mais sobre esse método? Então, continue a leitura. 

O que é Marketing de Experiência

Pois bem, marketing de experiência é usar a emoção dos clientes para cativar, engajar e fidelizá-los. Isso porque esse processo desenvolve impulsos, que geram respostas emocionais e que, posteriormente, ficam ligadas à experiência de compra. 

Então, no decorrer dos anos, as empresas notaram que um produto ou serviço bom não é suficiente para conquistar clientes. Dessa forma, desenvolveram métodos como Client-share, para entender o processo e, também, analisar cada comprador individualmente e a importância que ele dá para seu produto.

Assim, o próximo passo a se fazer é entender como a persona escolhe os produtos e quais ações ajudam ela a escolher a sua empresa. Por isso, esse é o primeiro passo para uma ótima estratégia de marketing de experiência.  

Como Marketing de Experiência funciona

Agora que você sabe um pouco sobre o que é o marketing de experiência, que tal saber como ele funciona? Confira, a seguir, as cinco maneiras de se conectar com o público:

Sensorial

A experiência sensorial constrói um sentimento para as pessoas a partir dos cinco sentidos: audição, olfato, visão, paladar e tato.  Desse modo, as sensações do corpo são induzidas durante o processo de experiência.

Um exemplo é quando você vai em alguma perfumaria e os vendedores te oferecem papéis aromatizados para mostrar uma fragrância nova e te influenciar na compra. 

Emocional

A experiência emocional tem o intuito de impactar as pessoas, desenvolvendo sentimentos e reflexões sobre um assunto específico. 

Cognitivo

Já a experiência cognitiva influencia as pessoas a exercitarem suas criatividades, como pensar fora da caixa. Ou seja, resolver problemas usando a colaboração. 

Comportamental

Agora, o marketing de experiência comportamental tem o intuito de conduzir o público a praticar uma ação. Dessa maneira, promova um produto para incentivar um estilo de vida diferente. 

Identificação

Por último, utilize o marketing de experiência para desenvolver identificação no público. Por exemplo, conversar com pessoas que possuem aos mesmos propósitos da sua marca para aumentar as chances de cativar mais clientes. 

Bacana, não é?

Vantagens do Marketing de Experiência

Neste tópico, vamos te apresentar as principais vantagens do marketing de experiência. Veja a seguir:

Desenvolver experiências marcantes

Uma das oportunidades que o marketing de experiência proporciona é o desenvolvimento de campanhas que inovem os hábitos de venda. Um exemplo frequente é a entrega de mimos dentro das lojas, como aromas associados à marca que auxiliam na criação de uma identidade visual forte. 

Fidelizar o cliente

Lembre-se que, quanto mais contato com estratégias diferentes de branding da empresa, maior será a probabilidade dela tornar a prioridade no momento da compra. 

Gerar identificação com a marca

Quando a imagem da empresa é oferecida fora do cenário habitual de atuação, a visibilidade se reforça, desenvolvendo uma sensação de presença que vai além dos momentos de consumo. Então, se a área de atuação é online, faça também trabalhos off-line. 

Feedback dos clientes

Por fim, as métricas que se ajustam às expectativas dos clientes são fundamentais  para o marketing de experiência. Dessa forma, os eventos e campanhas são uma ótima oportunidade de contato direto e sugestões. 

Marketing de Experiência: os 3 V’s

A princípio, o marketing de experiência é fundamentado em 3 V’s: verdade, vontade e valor. Por isso, veja, agora, cada um deles:

Verdade

É importante que a estratégia de comunicação e relacionamento de sua marca opte por contar histórias reais e cumprir com o que promete. Dessa forma, empresas verdadeiras conseguem desenvolver experiências positivas para os seus clientes. Além disso, conseguem conquistar potenciais clientes.

Vontade

O primeiro passo a se fazer é ter força de vontade para colocar todos os métodos em prática. Assim, em muitos casos, a vontade de comprar de uma seguinte empresa, surge da verdade mostrada pela empresa. Desse modo, a vontade está totalmente ligada ao contexto da sua experiência , disponibilidade e conveniência. 

Valor

Por último, o valor aborda a visão que o cliente tem da experiência e dos sentimentos desenvolvidos no primeiro contato com a marca. 

Como fazer Marketing de Experiência

Se chegou até aqui, é porque se interessou por esse assunto. Por isso, conheça, agora, como fazer marketing de experiência: 

Saia do seu ponto de vendas padrão

Você não é obrigado a continuar no mesmo ponto de vendas. Por exemplo, se você possui uma loja física, monte uma online e conheça novas probabilidades. E, certamente, conseguirá novas oportunidades de vendas. 

Busque sempre inovar

Uma dica já citada nesse artigo é pensar fora da caixa. Desse modo, utilize sempre estratégias de marketing, já que elas conseguem abordar temas em diferentes ângulos e cativar vários públicos. 

Comece dentro da empresa

Lembre-se que, para que a experiência do cliente com a marca dê certo, é necessário que toda a equipe trabalhe junto conhecendo o produto. Isso porque o vendedor precisa acreditar na mercadoria para, depois, conseguir montar argumentos que convençam o potencial cliente. 

Explore ferramentas de relacionamento – one offline 

 A maioria da experiência em uma compra está ligada ao processo de venda e pós-venda, visto que, nesse momento, o cliente apresenta suas dúvidas. Para isso, existem diversos canais da empresa que ele poderá entrar em contato, seja por um simples telefonema até uma mensagem nas redes sociais da corporação. 

Então, todas as formas de interação são importantes para o marketing de experiência, pois isso garante que os clientes passem pelo melhor processo de compra e pós-compra. Então, fique atento aos canais de comunicação. 

Insira o clima dos seus produtos no ponto de venda

Se você tem ponto de venda fixo, utilize-o para a sua estratégia de marketing e experiência. Por exemplo, seu público-alvo é jovem e vende roupas e acessórios de skatistas, por que não transformar a sua loja em uma pista enorme de skate?

Dessa forma, explore as possibilidades , seja criativo! 

5 exemplos de Marketing de Experiência de sucesso

Agora, vamos te apresentar cinco exemplos de marketing de experiência de sucesso. Acompanhe: 

TNT

A TNT escolheu uma esquina na Bélgica e colocou um botão vermelho com a mensagem: “pressione para adicionar drama”. Dessa forma, ao pressionar o botão, uma cena de filme simplesmente começava na rua. 

Bacana, não é?

McDonald’s

Já em Amsterdã, para quem escolhesse um Maestro Burger, existia uma surpresa: comer o hambúrguer com trilha sonora produzida por uma orquestra. 

The North Face

A marca de roupas desenvolveu uma ação na Coreia do Sul para despertar a adrenalina. Funcionava da seguinte forma: as pessoas subiam em uma parede de escalada e deveriam pegar uma jaqueta em 30 segundos se quisessem ganhá-la de presente.

Sprite

A marca de refrigerantes Sprite colocou um chuveiro que imitava uma máquina de refrigerante em uma praia. Divertido, não é?

Copenhagen Airport

Por fim, o Aeroporto de Copenhague foi palco de uma surpresa especial para o público que estavam aguardando as malas, com direito a luzes, Papai Noel, presentes e música natalina.

Que tal utilizar esses exemplos para desenvolver o marketing de experiência na sua empresa?

Conclusão

Então, marketing de experiência é, basicamente, usar a emoção dos clientes para convencer, engajar e fidelizá-los. Dessa forma, essa ação consegue desenvolver impulsos, que geram respostas emocionais. Assim, serve para aprimorar o processo de compra.

Por essa razão, o marketing de experiência é essencial para as empresas, pois, quando utilizado de maneira correta, consegue aumentar o índice de vendas.

Gostou do conteúdo? Compartilhe.

Sair da versão mobile